A Federação Portuguesa de Atletismo, lançou recentemente o ranking nacional de clubes da prova de triatlo jovem, onde competem atletas do escalão de infantis a juvenis, encontrando-se presentes vários clubes filiados na AADP.

 

O ranking nacional onde foram classificados 159 clubes nacionais, conta com a presença de 6 clubes filiados na Associação de Atletismo do Distrito de Portalegre, sendo que destacamos o Atletismo Clube de Portalegre que alcançou um lugar no top 50 nacional com uma magnifica 42ª posição, seguido da Casa do Benfica de Portalegre na 76ª posição e fechando o pódio dos clubes melhor classificados da AADP, a equipa do Centro Cultural de Figueira e Barros na 113ª posição do ranking nacional.

Obtiveram também classificação no ranking nacional, lançando pela FPA a União Futebol Degolados na 116ª posição, seguida do Clube Elvense de Natação na posição 149 e a Casa do Povo de Ervedal na 146ª posição.

Todas estas classificações representam uma melhoria face à época anterior no número e qualidade dos jovens praticantes de atletismo do Alto Alentejo, resultado do trabalho desenvolvido pelos diversos clubes na captação de atletas, mas também da condição técnica e física dos atletas.

Com o objectivo de melhorar os resultados alcançados na corrente época desportiva, a direção da AADP em conjunto com o responsável técnico da associação o Prof. Nelson Carvalho, está a desenvolver um projecto que visa a implementação de um escola de atletismo por cada concelho do distrito, tendo-se iniciado o projecto pelos concelhos que dispõem de pista de atletismo, estando já em funcionamento para além das cidades de Portalegre e Elvas que contam com mais anos de existência, a escola de atletismo de Castelo de Vide que funciona em parceria com a Associação Desportiva de Castelo de Vide e também a escola de atletismo de Ponte de Sôr que funciona em parceria com o clube de atletismo Trail Runners da Ponte e o Centro Cultural de Figueira e Barros.

Foi lançada também esta semana, a escola de atletismo de Monforte que não dispõem de pista de atletismo, mas que fica a poucos quilómetros da pista simplificada de Fronteira.

Juntando-se à aposta no crescimento do número de escolas, um melhor acompanhamento por parte do diretor técnico regional, que está em estreita ligação com os técnicos de todos os clubes, mas também a realização de formações como é o caso do curso de treinadores de atletismo entre outras ações que estão em estudo, estas mais direcionadas a áreas específicas do treino.

Consulta aqui o ranking nacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *